segunda-feira, janeiro 16, 2006

(Crítica) Kiss Kiss Bang Bang

Kiss Kiss, Bang Bang
de Shane Black
(2006)

"- You're an idiot [...] If you looked in the dictionary next to the word "idiot" you know what you would find?
- A picture of me?
- No! The definition of the word "idiot". Which you are."

Kiss Kiss Bang Bang chegou até à minha pessoa acompanhado de um hype enorme, tanto a crítica como quem já o tinha visto diziam muito bem do filme. Pelo trailer não tinha ficado fascinado e depois de ver o filme... admito que era melhor do que o que estava à espera mas continuo a achar um exagero o hype gerado.

O filme de Shane Black pretende ser um filme cool e, se for justo tenho que o admitir, até o consegue ser. Mas nunca, pelo menos para mim, o consegue com o mesmo brilhantismo de um Ocean's 11, por exemplo. A história tem o mérito de não se deixar adivinhar com facilidade mas não consegue agarrar a 100% o espectador. E por várias razões, das quais as várias pausas forçadas pelo narrador são a mais irritante, o filme tem um look excessivamente artificial.

No entanto, tudo isto é parcialmente perdoável devido ao grande dom de Kiss Kiss Bang Bang - a capacidade de fazer rir. Há muito filme que o tenta fazer sem o mínimo de sucesso. Não é o caso deste, aqui é garantido que indepententemente do vosso estado de espírito se vão rir algumas vezes. E isso, só por si, já vale bastante.

6/10

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

o nome desse filme em português é tiros e beijos

1:06 da manhã  
Anonymous b said...

Não considero o ocean11 assim um filme tão bom, posso compará-lo com o Snatch e poderemos dizer que é assim assim.

Este tá mais na onda de coffee & cigarrets, mas nao chega ao brilhantismo do eternal sunshine.

realmente o trailer não tá ao nivel do filme

keep up

3:31 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home